Pular para o conteúdo principal

Sistema público, impostos e tudo mais, Pra que servem?

Realmente, como é difícil para mim tentar entender um pouco do que acontece no nosso sistema político.
Por diversas vezes durante o ano de 2011, recorri ao sistema público de saúde do nosso município para consultas médicas, que demoram no mínimo 3 a 4 meses para conseguir, onde um atendimento de urgência no plantão do posto de saúde é precário e de má qualidade, onde encontramos diversas pessoas com queixas de falta de medicação, falta de médicos, demora nas consultas e exames, falta de ambulâncias, entre outros problemas.
Não queremos aqui dizer que o único município do Brasil a ter estes problemas seja Arroio do Sal, pois a saúde pública é problema de todo Brasil e já de longa data.
O que não posso admitir é nossos administradores saírem nas mídias sociais da internet, gritando a plenos pulmões que a saúde do nosso município é modelo. Por favor, querem convencer a quem?
Não quero aqui fazer apologia política a qualquer partido que seja, pois sou uma pessoa apolítico, e sinceramente, tenho minha preferência pessoal, junto com minha opinião, mas prefiro me manter bem longe da política assim como de políticos.
Mais difícil ainda de engolir, é que a industria da multa, em conjunto com o IPVA dos nossos veículos, que tem um preço absurdo, somado aos impostos de todo tipo, incluindo a tributação dos combustíveis que é bem salgada, não seja suficiente para ao menos manter em condições de trafegabilidade as nossas estradas do estado do RS.
Durante esta semana que passou, entre os dias 25 a 27 do mês corrente, percorri uns 2000 kilômetros pelas estradas do estado, e o resultado triste é que se rodamos por rodovias não pedagiadas, temos que andar com o carro carregado nos braços, pois os asfaltos são pior que estrada de chão. As rodovias com pedágio, que são bem salgados(em média 6 a 8 reais), são melhores sem dúvida, mas pergunto: E o dinheiro do IPVA? E das multas que são aplicadas aos fardos todos os dias? E os impostos, pra que servem?
Saúde precária, ensino em processo de falência, e isso não é afirmado só pela minha opinião, mas de diversos pesquisadores e antropólogos, estradas ruins, e maioria dos serviços públicos não funcionam e se funcionam é a passos de tartaruga. Pra que alimentar tudo isso? Não da pra reduzir um pouco o número de sanguessugas das câmaras, prefeituras, e principalmente, do coração de tudo em Brasília?
A conclusão que chego é que os impostos servem quase só para manter funcionando o sistema, que funciona apenas para seus próprios interesses.
E o povo? Como já dizia um político já falecido:
-"O povo é apenas um detalhe".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Homenagens a Yemanjá

Saudações caros irmãos leitores deste espaço.
Comemoramos dia 2 de Fevereiro o dia de Yemanjá, que podemos dizer sem medo de errar que se trata da maior manifestação de fé afro umbandista de ponta a ponta do litoral gaúcho.
Trata-se de uma data onde todos se reúnem para homenagear a grande mãe dos mares, numa legítima manifestação de fé e devoção, onde diversos Umbandistas, Católicos, Espiritualistas e irmãos e irmãs de tantas outras religiosidades se irmanam a beira mar num propósito de agradecimento e pedidos de saúde, paz e felicidade.
A Tenda não ficará de fora destas manifestações, e estaremos realizando dois eventos nestes dias:

O primeiro evento será a inauguração de uma imagem entronada a beira mar pelo irmão e Cacique Fábio Boff, dia 1º de Fevereiro, às 21:00hs, anexo ao antigo quiosque do Marzinho, em frente ao farol de Arroio do Sal.

O segundo será o trabalho próprio da Tenda, com o cruzamento dos médiuns da casa e sessão realizada a beira mar, dia 2 de Fevereiro, às 20:30hs, …

Orixás regentes do ano de 2019

Ao falarmos sobre este assunto cabe esclarecer que existem diversas maneiras de, digamos eleger os Orixás regentes do ano, e cada escola ou religião faz a sua maneira, seguindo a sua tradição. Fato que também temos a nossa.
Aqui no Rio Grande do Sul existe a tradição herdada do Batuque Gaúcho de eleger o Orixá que estará regendo o ano através do dia da semana em que cai o dia 1º de Janeiro. Então, 2019 temos o dia 1/1 em uma Terça feira, dia de Xangô, então o regente de 2019 será xangô.
Nós da Tenda de Umbanda Xangô 7 Raios preferimos adotar mais alguns critérios para fazer uma análise mais profunda, como regências astrológicas, além é claro de consultas aos oráculos.
Fato é que temos o ano de 2019  sob a regência do planeta Marte. Este planeta é regido pelo Orixá Ogum. Temos portanto também a participação deste Orixá no ano.
Em resumo então temos: Um ano onde Ogum estará regendo ao lado de Xangô. Sabemos que mais alguns Orixás satélites estarão próximos, mas como soberanos temos este…

Como Espiritualizar-se? – Dica de Chico Xavier

Existe uma crença precipitada de que espiritualizar-se é o desapego total às questões materiais da vida. Esse conceito errôneo pode se dar pelo fato de que o ser humano ainda dê tanta importância aos bens físicos e materiais que isola em um extremo o sua espiritualidade.
No livro Plantão de Respostas Pinga Fogo Volume II, no qual reúne às questões abordados no programa Pinga Fogo, da extinta TV Tupi, foi retirada a seguinte pergunta:

Por que vivemos cada vez mais pensando apenas nas coisas materiais e pouquíssimo nas espirituais?
Respeitando as imperfeições ainda presentes nos espíritos em provas e expiações, é importante analisarmos a resposta de Chico para iniciarmos ou darmos continuidade no processo de espiritualização. Chico responde assim:

“O homem atual vive deslumbrado com os bens materiais, que são colocados à sua disposição pela tecnologia que avança a cada dia através de uma propaganda que insiste em colocá-lo como caminho da felicidade. Porém, quando os adquirimos não compr…