sábado, 2 de junho de 2012

Os benefícios da Hidrocolonterapia


A hidrocolonterapia baseia-se em práticas milenares de limpeza intestinal feita com água morna, purificada e ozonizada praticada no Egito antigo. Indicada por médicos do mundo todo como tratamento auxiliar para o bem-estar físico e mental, cura diversas doenças e traz vários benefícios, dentre eles o rejuvenescimento.
O ozônio segundo a medicina é reconhecido pelas suas propriedades desinfetantes, anticépticas e oxidantes, eliminando bactérias patógenas, vírus, parasitas e fungos, além de estimular a liberação de átomos de oxigênio do intestino para a corrente sanguínea e células, resultando em um sistema imunológico mais forte, com maior vitalidade.
Segundo o médico americano especialista em limpeza intestinal Dr. Bernard Jensen, 95% das pessoas acumulam detritos sólidos nos intestinos porque não conseguem manter o ritmo diário de eliminação. Isto acontece pela má nutrição, pobre em fibras, rica em produtos refinados, que não são eliminadas facilmente, alimentos industrializados, rico em gordura saturada que não são digeridos adequadamente pelo organismo.
De acordo com Vladimir Schraibman, gastroenterologista e cirurgião do aparelho digestivo do Hospital Israelita Albert Einstein, a hidrocolonterapia é normalmente realizada com uma solução de soro fisiológico que liquidifica os detritos sólidos, facilitando sua eliminação. O tratamento é acompanhado de suaves massagens abdominais, realizado por um profissional da saúde em um ambiente confortável, privativo e com as mais restritas medidas de higiene.
O médico ressalta que esse procedimento deve ser feito apenas sob prescrição profissional e para quem tem intestino preso por diversas razões, como pacientes cadeirantes ou que tomem analgésicos fortes, ou até antidepressivos.
Recentes estudos científicos apresentam o intestino como o “segundo cérebro” (cérebro emocional). Além de atuar como um órgão inteligente, selecionando, entre o que comemos e que é útil para o organismo, o intestino é responsável pela produção de substâncias químicas fundamentais para o bom funcionamento da mente e do corpo.
Segundo Nádia Costa, Nutricionista, o processo de evacuação intestinal está relacionado com várias funções do organismo, dentre elas a função respiratória, circulatória e a atividade cerebral, interrelacionadas por meio do sistema nervoso periférico. Sua desregulação afeta vários sistemas com os quais se relacionam.
Afirma que o hábito de vida inadequado, poluição ambiental, abuso de tóxicos e medicamentos, passam a predominar no intestino, provocando doenças. A capacidade de defesa do organismo é prejudicada, já que 80% do sistema imunológico está localizado nas paredes dos intestinos delgado e grosso, esclarece a nutricionista
A hidrocolonterapia é realizada em várias clínicas, propiciando uma hidratação do intestino grosso, um procedimento terapêutico de profunda limpeza, que remove os detritos sólidos acumulados, desintoxica o organismo, revitaliza a flora intestinal e o sistema imunológico e auxilia na prevenção da gripe, das alergias, do câncer; combate ao mau humor, depressão, estresse, cansaço, enxaqueca e várias outras patologias.
 

Nenhum comentário: