domingo, 26 de maio de 2013

Como a Doutrina Espírita Entende a Homossexualidade

A atração física, estética e/ou emocional de um indivíduo por outro do mesmo sexo, define-se como homossexualidade e quando falamos neste assunto, as nossas primeiras ideias relacionadas são: preconceito e discriminação.

Conforme os ensinamentos oferecidos pela Doutrina Espírita, Deus criou os espíritos simples e ignorantes, tendo por destino sua evolução e todos terão a experiência de nascer como homem e como mulher em suas inúmeras encarnações.
No processo de aceitação ou adaptação desta mudança de sexo, alguns espíritos podem ter dificuldades, mas como destaca o médium Chico Xavier “o importante é o caráter de cada um”.
Podemos já ter amigos homossexuais, familiares ou vir a ter alguém na família que faça esta opção, por isso colocar em prática as verdadeiras atitudes espíritas é primordial.
O programa Educação para Todos, que vai ao ar,  todas as segundas-feiras,   às 15h30,  na Rádio Boa Nova, comentou duas matérias publicadas em revista e blog, que geraram polêmica: “Educados no sexo neutro” e “Por uma sociedade melhor meninos deviam brincar de boneca e de casinha”.
 
Os homossexuais merecem nosso respeito e a nós cabe o esclarecimento, conforme nos ensina Emmanuel no livro Sexo e Destino: "Diante de toda e qualquer desarmonia do mundo afetivo, seja com quem for e como for, colocai-vos, em pensamento, no lugar dos acusados, analisando as vossas tendências mais íntimas e, após verificardes se estais em condições de censurar alguém, escutai, no âmago da consciência, o apelo inolvidável do Cristo: Amai-vos uns aos outros, como eu vos amei".

Entenda mais sobre este assunto. Leia “Um Amor Diferente”: http://www.mundomaior.com.br/sistema/listaprodutos.asp?IDLoja=12389&IDPr...

Fonte: Rádio Boa Nova

Nenhum comentário: