Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Temos data e hora certa para desencarnar?

Quando encarnamos, recebemos uma carga de fluidos vital (fluido da vida).
Quando este fluido acaba, morremos. Somos como a pilha que com o tempo vai descarregando.
Chegamos ao ponto que os remédios já não fazem mais efeito. Daí não resta outra alternativa senão trocar de “roupa” e voltar para a escola planetária.
Mas a quantidade de fluido vital não é igual em todos seres orgânicos. Isso dependerá da necessidade reencarnatória de cada um de nós.
Quando chegamos á Terra cada um tem uma estimativa de vida. Vai depender do que viemos fazer aqui.
André Luiz, através da psicografia de Chico Xavier, explica que poucos são completistas, ou seja, nascemos com uma estimativa de vida e, com os abusos, desencarnamos antes do previsto, não completamos o tempo estimado, isso chama-se suicídio indireto.
Se viemos acertar as pendências biológicas por mau uso do corpo, como o suicídio direto ou indireto, nós vamos ficar aqui pouco tempo. É só para cobrir aquele buraco que nós deixamos. Exemplo: Se nossa …

Atitudes em favor dos Animais – Filosofia Vegana

A falta ou deturpação de informação sobre certos assuntos causa a formação de “estereótipos” que muitas vezes não condizem com a realidade. Vemos isso ocorrendo em varias situações, onde pessoas são restritas a grupos, mesmo quando essas pessoas levam uma vida tão normal quanto qualquer um. Muitas vezes essas pessoas são vistas como diferentes, esquisitas, ou estranhas só por que optam em seguir suas convicções. O caso dos veganos se enquadra nesse estereotipo. O vegano é uma pessoa normal, que procura conhecer a “verdade” sobre como as coisas são produzidas e toma atitudes coerentes com sua escolha moral. A diferença do vegano é que ele sai da comodidade da ignorância, diferente do consumidor comum, ele procura se informar de como as “mercadorias” são produzidas para tomar atitudes condizentes com o que é ético. Se uma pessoa sabe como os animais sofrem para virar alimento ou para que se produza “cosméticos” e mesmo assim os continua utilizando, sem se esconder na praticidade da ignorâ…

Os donos da Umbanda

O mundo competitivo vai além das fronteiras dos negócios, empregos, educacionais, enfim, e chega(ou nunca saiu) também do mundo religioso.
Como é indigesto ouvir o discurso de quem se acha o dono da "verdade" religiosa, dono de uma determinada religião, falando aqui da Umbanda, fato que fica provado pelo discurso de alguns pais e mães de santo com referência ao 15 de Novembro, dia nacional da Umbanda.
Não entrando nos méritos dos discursos proferidos por estes ícones da Umbanda, tudo se torna mais fácil quando entendemos que a religião de Umbanda se trata de uma religião não codificada, ou seja, não tem uma cartilha a ser seguida por todos seus adeptos, o que dá o direito de cada um manifestar sua devoção aos Orixás e guias da Umbanda através da forma que entende ser correta, desde que não macule os princípios básicos da Umbanda.
A Umbanda possui diversas escolas -veja mais neste link "AS UMBANDAS DA UMBANDA "- que expressam toda a religiosidade do nosso povo brasilei…

A IDENTIFICAÇÃO DE SANTO ANTÔNIO NOS CULTOS AFRO-BRASILEIROS:

Palestra de Frei Francisco van der Poel ofm, no Oitavo Centenário do Nascimento de Santo Antônio 21 de outubro de 1995 - Pádua, Itália.

Senhoras e Senhores,Paz e Bem!
Vamos tratar de um assunto bem complicado que implica conhecimentos da história da Igreja no Brasil, dos cultos afro-brasileiros e das tradições orais oriundas de Portugal. De antemão, peço desculpas pela inevitável simplificação em algumas partes.
Apresento primeiro um breve resumo do trabalho:

1. Olhamos um pouco Santo Antônio na religiosidade popular brasileira. Entre as muitas manifestações de devoção antoniana nos limitamos principalmente àquelas necessárias para entender o Santo Antônio identificado nos cultos afro-brasileiros.

2. Depois vamos tratar de alguns elementos da história dos 500 anos da evangelização no Brasil. Concordamos com o teólogo José Comblin que não foi por padres e missionários que o povo brasileiro se tornou católico.

3. Em seguida, destacamos a devoção de Santo Antônio nas tradições dos negros bantos…

OS QUE DESENCARNARAM NA LINHA BRANCA

Quando desencarna uma pessoa filiada à Linha Branca de Umbanda, as atenções dispensadas ao seu organismo físico passam a ser consagradas ao seu espírito.
Logo que se verifica a fatalidade irremediável do próximo trespasse, os protetores, os companheiros de trabalho e as famílias, com habilidade, começam a preparar o enfermo para a mudança de plano, para que a morte do seu corpo ocorra sem abalo para o seu espírito.
Nas horas da agonia, os seus amigos da Terra, com a concentração e as preces, e os do espaço, por outros meios, procuram suavizar-lhe o sofrimento, depois, quando o espírito se desprende, as entidades espirituais que assistiam ao doente agem no sentido de que esse desprendimento seja completo, para que a alma liberta não se ressinta da decomposição da matéria em que viveu. Acolhem-no depois, carinhosamente, no espaço, empenhando-se para atenuar-lhe a perturbação e encaminhando-o, aos destinos que lhe estavam traçados.
Certas pessoas cometeram faltas que os seus serviços ao …

Dia Nacional da Umbanda

As Umbandas dentro da Umbanda

Mesmo sabendo que não existe consenso sobre a matéria em questão, encontrei este trabalho publicado no blog http://registrosdeumbanda.wordpress.com , o qual achei muito interessante, e apesar de ser uma questão polêmica, concordo que existem diversas umbandas dentro da Umbanda, enquanto não exista uma cartilha única a ser seguida por todos adeptos desta religião.Abaixo segue o trabalho feito pelo autor do blog fonte:

Umbanda Branca e DemandaOutros nomes: É também conhecida como: Alabanda; Linha Branca de Umbanda e Demanda; Umbanda Tradicional; Umbanda de Mesa Branca; Umbanda de Cáritas; e Umbanda do Caboclo das Sete Encruzilhadas. Origem: É a vertente fundamentada pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas, por Pai Antônio e Orixá Malê, através do seu médium, Zélio Fernandino de Morais (10/04/1891 – 03/10/1975), surgida em São Gonçalo, RJ, em 16/11/1908, com a fundação da Tenda Espírita Nossa Senhora da Piedade. Foco de divulgação: O principal foco de divulgação dessa vertente é a Tenda Espírit…