domingo, 30 de março de 2014

ÒWE-IFÁ (PROVÉRBIOS DE IFÁ)



Bi oni ti ri, ola ki iri be, ni imu Bàbálàwo difa orurún.

Tradução: É pouco provável que amanhã as coisas estejam como hoje; é por isso que o Bàbálàwo consulta o oráculo de Ifá a cada cinco dias.

Interpretação: Devemos estar preparados para as trocas deste mundo. As coisas nem sempre saem como desejamos.

****************

A kì í gbó “Lù ú” lenu àgbà.

Tradução: Nunca se verá um ancião mandar que se espanque alguém.

Interpretação: Os anciões resolvem as disputas, eles não incitam à guerra entre disputantes.

*****************

A kì í mo´? egbò fúnra eni ká sunkún.

Tradução: Ninguém grita de dor quando cuida de suas próprias feridas.

Interpretação: Cada um sabe o seu limite de suportar a dor.

******************

A kì í ko elé?sin ká tún l? fé? elésè?.

Tradução: Não se deixa um cavaleiro para se casar com um peão.

Interpretação: A pessoa deve procurar progredir e nunca regredir.

*********************

Bí a bá ti mo là nkú; olongo kì í kú tìyàntìyàn.

Tradução: A pessoa morre de acordo com o seu próprio peso; o pássaro Olongo de peito ruivo, ao cair morto, não faz grande barulho quando bate no chão.

Interpretação: Cada um deve agir de acordo com o seu próprio valor.

****************

Adan dorikodo o nwo ise gbogbo eiye.

Tradução: O morcego se coloca de cabeça pra baixo, olhando o que fazem os pássaros.

Interpretação: Observando os erros dos outros, se aprende a não errar.

*******************

Eni ti o jin si koto ko ara ehin logbon, adaniloro fi agbara k’o.

Tradução: Aquele que cai em um buraco ensina aos que vêm atrás a terem cuidado.

Interpretação: Devemos aprender com a experiência dos outros.

********************

Asape fun were jo, on ati were okanná.

Tradução: Aquele que bate palmas para que um louco dance é tão louco como ele mesmo.

Interpretação: As pessoas que participam ou protegem os erros dos outros também são culpadas.

********************

Gudugudu f’oju jo ésúrú beni ko se je.

Tradução: Gudugudu se parece com Esuru, porem não se pode comer (Esuru é uma espécie de inhame, Gudugudu é uma variedade venenosa).

Interpretação: Nem tudo o que parece bom tem qualidade, nem tudo que brilha é ouro.

********************

Asokó fun adie igba, ókó ni iso titi fi nsu.

Tradução: Aquele que atira pedras em 200 galinhas atirará pedras até que caia a noite.

Interpretação: Cada um deve limitar suas atividades e objetivos ao fazer as coisas bem feitas, não é bom ser um “aprendiz de tudo e professor de nada”.

********************

Aseseyo ógomó ni o’nyio kan orun, awón asiwaju re ni awón na se be ri.

Tradução: Quando apareceu pela primeira vez, o broto de uma palmeira nova disse que seu objetivo era chegar ao céu.

Interpretação: Isto se diz aos jovens que devido a sua inexperiência, não se compreendem das suas limitações e não prestam atenção aos conselhos dos mais velhos, sábios.

********************

Gbangba di ekun, kedere be e wo.

Tradução: Quando o leopardo anda solto, todo mundo vê.

Interpretação: O que é de domínio público, todos podem ver e saber.

********************

Enu ki iriri ki elenu ma le fi jeun.

Tradução: A boca não pode ser tão suja que seu dono não possa comer com ela.

Interpretação: É difícil reconhecermos nossos próprios erros, a nossos olhos tudo o que fazemos é certo.

********************

Enu aimenu, été aimete ni iko oran ba éréké.

Tradução: A boca que não se cala e os lábios que não deixam de se mexer, só trazem problemas e bloqueios na vida.

Interpretação: Quem fala de mais sempre se dá muito mal.

********************

Aito ehin ka ni a nfi owo bo o.

Tradução: Quando estamos muito velhos, perdemos os dentes, tapamos a boca com as mãos.

Interpretação: O homem que não é capaz de fazer uma coisa com segurança, trata de esconder o que está fazendo. Aquele que está seguro do que faz, não faz em segredo.

********************

Iwa ni orisa: bi a ba ti hu u si ni ifi gbè ni.

Tradução: O caráter é como um deus, ele te apoiará segundo te comportes.

Interpretação: Se tens bom caráter serás beneficiado, colherá tudo aquilo que semeias.

********************

A ki igba akáká l’owo akíti; a ki igba ile baba eni.

Tradução: Você não pode fazer do macaco um homem, porém tampouco deve duvidar que os homens provem do macaco.

Interpretação: Uma pessoa não pode mudar o seu mau caráter.

********************

Bí a kò bá tíì lè kólé, àgó là n’pa.

Tradução: Quem não sabe construir uma casa, monta uma barraca.

Interpretação: Ninguém deve ir além de seus próprios limites, nem deve deixar de se esforçar para evoluir. ********************

Aiye l'okun enia l'osá, aiwowe ko le gbadun aiye.

Tradução: O mundo é o oceano, as pessoas são lagoas. Se não sabes nadar nunca poderás desfrutar da vida.

Interpretação: É importante que todos estudem as pessoas e as situações antes de praticar uma ação qualquer. Deve-se ter tato e saber como tratar todo tipo de pessoa.

********************

Otun we osi, osi, we otun, ni owo mejeji ñ nmo.

Tradução: Quando a mão direita lava a esquerda e a esquerda lava a direita, ambas ficam limpas.

Interpretação: A ajuda mútua é fundamental para ambas as partes.

********************

Ohun ti o wu mi ko o, a jeun wa latóto.

Tradução: O que eu quero comer, você não quer comer. Devemos comer separados.

Interpretação: Quando duas pessoas não concordam, é melhor que se separam.

********************

A ki iru eran erin l'ori ki a má fi esé tan iho iré.

Tradução: Quando se leva carne de elefante sobre sua cabeça não deve mexer em um ninho de grilo com os pés.

Interpretação: Ninguém deve arriscar-se a perder algo importante por algo insignificante.

********************

Kokoro ni idi labalaba, eyín ni idi akuko.

Tradução: É a lagarta que se transforma em mariposa, é o ovo quem produz a galinha.

Interpretação: Não se deve subestimar a uma criança pequena, porque ela crescerá e se transformará em um homem e talvez em um homem de alta posição ou de péssimo caráter.

********************

Asorokele boju wo igbe, igbe ki iró, eni ti a ba so ni ise iku pa’ni.

Tradução: Aquele que cochicha, olha até o bosque, porém o bosque não faz fofoca. Aquele a quem contaste teus segredos é o traidor.

Interpretação: Um segredo dividido deixa de ser um segredo.

********************

Afómó ko ni egbo gbogbo igi ni iba tan.

Tradução: O parasita não tem raízes, seus parentes são as árvores.

Interpretação: Refere-se à pessoa que se une a outra porque esta última desfruta de uma melhor posição e para obter vantagens.

********************

Asóró kókó sebi ti on lá nwi, asebuburu o ku ara ifu.

Tradução: O desconfiado sempre pensa que as pessoas estão falando dele.

Interpretação: Quem faz o mal sempre suspeita dos outros. Os malvados sempre pensam que outros são como eles.

*******************

Àgbá òfìfo ní npariwo; àpò tó kún fówó kì í dún.

Tradução: Somente um barril vazio é que faz barulho, um saco cheio de dinheiro permanece silencioso.

Interpretação: Quanto mais vazio de saber e conhecimento for uma pessoa, mais chamará atenção para si mesma, fazendo barulho, se auto-afirmando, usando roupas extravagantes e querendo se passar pelo que na verdade não é. Quem tem valor e saber não precisa fazer alarde, cedo ou tarde será reconhecido.

********************

Ìberè kì íjékí ènìà kó sìnà, enití kò le bèrè ní npón ara rè lójú.

Tradução: As perguntas livram o homem dos erros, aquele que não pergunta, entrega-se aos problemas.

Interpretação: Sempre que alguém nos transmite um ensinamento, devemos ter cuidado com o que nos é ensinado. Buscar entender e fundamentar a novidade aprendida é uma obrigação para

que não venhamos a passar por tolos a qualquer momento. A origem do mestre não legitima o seu saber, não garante a sua honestidade.

********************

Akóni ko ni ki a sika bi a ko nika ninu; tani nko'ni ki a to se rere.

Tradução: O professor não nos ensina a fazer o mal, se não temos o mal por dentro. Quem nos ensina, ensina a fazer o bem.

Interpretação: Este é um comentário satírico referindo-se a pessoas que tentam justificar algo mal feito, dizendo que foi alguém que o ensinou a fazê-lo.

********************

Abata takete eni pe ko ba odo tan.

Tradução: O pântano se mantém a margem, como se não estivesse disfarçado com o rio.

Interpretação: Este comentário se utiliza em referência às pessoas que devem interessar-se por algo, porém preferem ignorá-lo.

Nenhum comentário: