sexta-feira, 13 de junho de 2014

Nosso Eledá ou Orixá de cabeça

Temos o conhecimento de uma inscrição no oráculo de Delfos, atribuída aos Sete Sábios ( 650a.C.-550 a.C.) que nos diz :Ó homem, conhece-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o universo.
Quando descobrimos nosso Orixá através do oráculo dos búzios, ou por outro meio, como por um guia incorporado no seu médium, normalmente temos uma curiosidade em saber as qualidades de tal Orixá, ou o arquétipo do filho do Orixá. É sabido que somos regidos por mais de um Orixá, ou seja, temos nosso Orixá de cabeça, este com maior influência sobre nós, mas temos ainda o Ajuntó, além de nossos Orixás de passagem, ou energias destes que influenciam em nossas vidas, mas a energia do nosso Orixá de cabeça, é de peso maior em nossa personalidade.
Conhecendo nosso Orixá de cabeça ou Eledá, passamos a nos conhecer de uma forma mais profunda, e com a força de nosso Orixá, também passamos a ter ferramentas mais eficazes para lidar com nossas limitações e falhas, tendo um conhecimento maior de nosso lado positivo e negativo, se assim podemos nos expressar. De uma maneira simples; recebemos a energia do Orixá, que sempre é boa, positiva, mas lembremos que estamos na carne, e somos humanos, com uma grande tendência de não conseguir direcionar nossa energia para o bem.
Além de lutar pela nossa reforma íntima, devemos ao mesmo tempo, aproximar nosso Orixá cada vez mais de nosso Ori, ou cabeça, para que o mesmo possa nos dar maior energia, e ferramentas para lutar contra nossas chagas morais, além de nos dotar de maior força para suportar nossas lutas aqui na carne. Não vamos esquecer que estamos em um planeta de expiação.
A Umbanda tem diversos rituais que visam aproximar, e propiciar nosso contato com o Orixá. O rito de Amaci é um deles, além de ritos específicos para cada Orixá em seus reinos da natureza.
Apesar de existir correntes na Umbanda que não adotam a prática de culto aos Orixás na Umbanda, lembremos que os Orixás estão SIM na Umbanda, e esta tem meios para cultua-los. As religiões de Nação, que cultuam exclusivamente os Orixás os cultuam a sua forma, cada uma a sua maneira de culto, mas o Orixá não é o mesmo? Tanto em cultos de Nação, quanto na Umbanda, temos diferentes formas rituais, mas ambas são regidas e sustentadas pelos Orixás.
Além de tudo que aqui já foi colocado, lembremos que os Orixás influem diretamente nos nossos Caboclos, Pretos-Velhos, Crianças ou Eres e Exus na Umbanda, pois cada um de nossos Guias vibra em determinada energia de Orixá. 

Nenhum comentário: