domingo, 23 de dezembro de 2018

O significado do Natal para o Umbandista

"Não existe maior amor do que este: de alguém dar a própria vida por causa dos seus amigos.Vós sois meus amigos, se praticais o que Eu vos mando..." João 15:13,14


"Eu Sou o bom pastor. O bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas." João 10:11

As palavras de Jesus, o Cristo não deixam dúvidas de que se tratam de palavras consoladoras, e de um ser divino que acima de tudo tem muito amor por todos nós.
Na Umbanda, existe ainda um certo, digamos, preconceito em falar do divino mestre, como se tratássemos de algo de propriedade da Igreja Católica, ou dos Neo pentecostais. 
Viver na prática da mediunidade com Cristo não é tarefa nem um pouco fácil, exige do candidato uma vontade inquebrantável de ser melhor, de progredir, de fazer o bem e assimilar os ensinamentos do Cristo Jesus ao máximo dentro de si, procurando de todas as formas a prática da caridade, utilizando da mediunidade como forma de auxílio, de alívio para o seu semelhante, sem esperar retorno de nenhuma forma, fazer o bem e amar sem esperar ser amado, como dizia o grande médium Chico Xavier, amar sempre.
Jesus Cristo, nosso mestre planetário, acertadamente sincretizado com nosso Pai Oxalá na Umbanda, algo que confesso, e aqui escrevo por mim mesmo, tenho as vezes dificuldades de separar a figura de Jesus do Orixá Oxalá. Apesar de todo conhecimento haurido, e de saber que cada um é diferente, mas talvez iguais em essência, reconheço em Jesus o nosso Pai Oxalá da Umbanda. Por mais que discordem, em meu íntimo Oxalá e Jesus são uma única chama de amor e de caminho até o Criador. Jesus disse: 
Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.
Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar.E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.Mesmo vós sabeis para onde vou, e conheceis o caminho.Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho?Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto. João 14:1-7

Devido a grandes problemas enfrentados por mim mesmo, não quando adentrei a Umbanda, mas depois de um tempo, quando começamos a nos perguntar sobre muitas coisas, e não quero aqui  de maneira alguma falar algo que não vivenciei, mas quero sim dar minha contribuição para a religião  que escolhi para ser a minha religião, a qual vejo o bem que proporciona as pessoas e a seriedade   com que nossos guias, mentores e protetores de Umbanda, nossos benfeitores espirituais se apresentam para nós, pois apesar de todos os babalorixás falarem que a religião de Umbanda é Cristã, pouco ou quase nada se fala do Cristo Jesus na Umbanda.
Temas como salvação, céu e inferno, e se realmente a religião de Umbanda está em conformidade com os ensinamentos do Cristo simplesmente não existem, não há este tipo de perguntas e a maioria tenta encobrir estes assuntos, preferem não falar, e se são perguntados sobre isso, também não respondem, e se o fazem, assim fazem de forma superficial, sem conteúdo e nem propriedade.

A grande verdade que me deparei nesta busca sobre Jesus Cristo, a verdade e a Umbanda, é que toda essa verdade não pode ser colocada dentro das pessoas sem que elas próprias tenham esta sede de beber destas águas do evangelho. O evangelho contém todas as respostas, e o alívio e alento para todas as perguntas, dúvidas e o nosso consolo. Viver na verdade é viver de acordo com os ensinamentos do mestre Jesus. Quando conhecemos a verdade dentro de nós mesmos, os sofrimentos não existem mais, a dor desaparece, e passamos a viver o paraíso, aquilo que Cristo prometeu, que não precisamos esperar a morte para vive-lo, mas sim podemos viver hoje, bastando para isso termos a consciência liberta, vivendo com Cristo e em Cristo. Para isso, temos como uma grande benção também a mediunidade e o privilégio de desfrutar da companhia dos nossos Guias, Mentores e Protetores da Umbanda. Pra que figuras mais evangélicas que nossos Pretos e Pretas Velhas? Ou também o Caboclo as vezes fazendo o papel daquele recém convertido um pouco intransigente?

Que neste natal todos tenham a noção de buscar nosso Cristo planetário, o grande Oxalá da Umbanda, refletindo seus ensinamentos e trazendo para dentro de suas vidas, famílias, seus lares estas bençãos divinas.


SALVE OXALÁ, SALVE O MESTRE DIVINO JESUS CRISTO.

Recomendação: Por se tratar do dia de nosso amado pai Oxalá(25 de Dezembro), que todos irmãos(as) lembrem de fazer uma prece, de acordo com seu coração neste dia, endereçada ao nosso Pai Oxalá.

Nenhum comentário: